O jornalismo no Brasil vive um momento desafiador devido aos efeitos da pandemia do novo coronavírus, que resulta no aumento do desemprego e na dificuldade para o exercício da profissão. Soma-se a isso a proliferação de informações falsas que demandam um jornalismo cada vez mais eficaz na checagem de fatos e dados, na contextualização de informações e na apresentação de diversas abordagens, reforçando o papel da imprensa no fortalecimento da democracia. Diante deste cenário, a Jeduca, em parceria com a Abraji, busca ampliar um trabalho realizado desde 2016 para qualificar a cobertura dos temas ligados à educação.

Em dois anos, a associação realizou 15 oficinas presenciais em faculdades de jornalismo de cinco estados para um público de cerca de 750 estudantes de jornalismo. Com a pandemia e a impossibilidade de encontros presenciais, o curso online surge como uma alternativa. Traz potencial maior de capilaridade, já que poderá atingir estudantes e jornalistas de todas as regiões do país, inclusive das cidades mais afastadas dos grandes centros.

Objetivos

  1. Despertar nos futuros jornalistas e em profissionais com pouca familiaridade com o tema o interesse pela cobertura de educação, por meio de um curso que aborde a importância da área e as possibilidades de atuação;
  2. Incentivar e qualificar o jornalismo de educação, a partir de uma formação que traga um panorama geral sobre a educação no Brasil (legislação, competências, financiamento, entre outros temas relevantes) e dicas práticas de cobertura de cada tema;
  3. Aumentar o envolvimento dos jornalistas com a educação para além do eixo Rio-São Paulo e trazer novas oportunidades para os estudantes e profissionais, com um curso gratuito, de acesso online e que pode ser realizado a qualquer momento.

O jornalismo no Brasil vive um momento desafiador devido aos efeitos da pandemia do novo coronavírus, que resulta no aumento do desemprego e na dificuldade para o exercício da profissão. Soma-se a isso a proliferação de informações falsas que demandam um jornalismo cada vez mais eficaz na checagem de fatos e dados, na contextualização de informações e na apresentação de diversas abordagens, reforçando o papel da imprensa no fortalecimento da democracia. Diante deste cenário, a Jeduca, em parceria com a Abraji, busca ampliar um trabalho realizado desde 2016 para qualificar a cobertura dos temas ligados à educação.

Em dois anos, a associação realizou 15 oficinas presenciais em faculdades de jornalismo de cinco estados para um público de cerca de 750 estudantes de jornalismo. Com a pandemia e a impossibilidade de encontros presenciais, o curso online surge como uma alternativa. Traz potencial maior de capilaridade, já que poderá atingir estudantes e jornalistas de todas as regiões do país, inclusive das cidades mais afastadas dos grandes centros.

Objetivos

  1. Despertar nos futuros jornalistas e em profissionais com pouca familiaridade com o tema o interesse pela cobertura de educação, por meio de um curso que aborde a importância da área e as possibilidades de atuação;
  2. Incentivar e qualificar o jornalismo de educação, a partir de uma formação que traga um panorama geral sobre a educação no Brasil (legislação, competências, financiamento, entre outros temas relevantes) e dicas práticas de cobertura de cada tema;
  3. Aumentar o envolvimento dos jornalistas com a educação para além do eixo Rio-São Paulo e trazer novas oportunidades para os estudantes e profissionais, com um curso gratuito, de acesso online e que pode ser realizado a qualquer momento.